sol.JPG (17680 bytes)Distúrbio Anti-Social
Página Anterior Página Principal Página Acima

 

 

 

Distúrbios da Personalidade do 2º grupo

 

Depois duns tempos de ausência volto ao vosso convívio com toda a minha boa vontade. Desejo caros visitantes que o Novo Ano 2003 vos traga muita Paz, Amor e que a saúde seja uma constante na vossa caminhada. Que saibam conquistar gratificantes realizações pessoais, e um grande obrigada a muitos de vós que me têm manifestado um grande interesse pelos meus artigos.

Vamos pois continuar com os distúrbios da personalidade focalizando agora os distúrbios do 2º grupo: na generalidade o comportamento tende a ser dramático, apelativo, e as emoções são expressas com intensidade. Os indivíduos histriónicos são muito excitáveis, demonstrativos, justificativos e egocêntricos; os narcisistas possuem expectativas e exigências excessivas relativamente a si próprios e tendem a desvalorizar sempre os outros; e por fim os distúrbios da personalidade Anti-Social manifestam uma incapacidade geral de adaptação aos padrões sociais e de estabelecimento de relações afectivas estáveis.

 

Distúrbio da personalidade

Anti-Social

 

 

 

Os indivíduos que são vítimas deste distúrbio sofrem de incapacidade de adaptação às normas e comportamentos sociais estabelecidos. Expressam-se por atitudes e actos repetitivos de desafio, confronto e violação da ordem familiar e social; chegando até à violação das legalidades sociais (mesmo sabendo que terão as consequentes penalizações), evoluindo cada vez mais progressivamente para uma inevitável marginalização. Só muito recentemente se admitiu a possível alteração da personalidade anti-social, quando considerada como uma doença psiquiátrica e portanto susceptível de tratamento e reabilitação. Houve controvérsia entre os investigadores de décadas atrás e os mais recentes, porque antigamente as pessoas com este distúrbio de personalidade eram consideradas como sociopatas ou psicopatas. Na verdade possuíam traços de carácter anti-social, mas não eram considerados doentes mentais.

O distúrbio anti-social, cujo comportamento é perfeitamente notório, inicia-se pela adolescência antes dos 15 anos, o que se torna difícil atribuir o diagnóstico de deficiência mental. Aliás para qualquer distúrbio de personalidade o diagnóstico não pode ser feito antes dos 18 anos. O objectivo do tratamento consiste numa transformação comportamental, e aprendizagem de novos comportamentos que sejam na generalidade aceites socialmente pela família e pela sociedade em que se insere, de forma a tornar-se gratificante para o indivíduo a aquisição dessas novas aprendizagens. A psicoterapia mais adequada para este distúrbio é a psicoterapia comportamentalista em grupo, ou individual com programas específicos de ajuda a uma integração comunitária. Devido às frequentes actividades criminais dos indivíduos com este distúrbio, mesmo sujeitos às terapias mencionadas, eles não cedem, e por vezes os tratamentos têm que ser interrompidos ou adaptados aos tempos e modalidades da punição judicial.

Até agora tenho exposto com objectividade científica as características fundamentais deste tão desagradável distúrbio de personalidade, e assim ainda vou continuar.

Na realidade continuam os cientistas a questionar-se se estas pessoas são originariamente más ou se são vítimas de doença mental.

psicopata4.jpg (11762 bytes)

 

Tanto se fala em psicopata, mas que é um Psicopata? São indivíduos atingidos de distúrbios de personalidade anti-social, sofrem duma perturbação de personalidade extremamente grave; são muitos "marginais" indesejáveis na sociedade, assaltantes, violadores e até assassinos que podem ser frequentemente presos, julgados e condenados.

Os psicopatas podem ser agradáveis, sedutores e normalmente inteligentes. No entanto as suas características psíquicas intrínsecas são a falta de ética, do mínimo senso moral, ou da mais pequena preocupação pelos outros.

 

Para um psicopata, a Vida apenas se resume aos seus interesses imediatos. Não hesita em mentir, burlar, cometer qualquer espécie de crime, para satisfazer os seus instintos básicos, ou os seus desejos sejam de que nível mais baixo forem! A sua esfera emocional apresenta-se demasiado perturbada, e não conseguem estabelecer relações afectivas profundas ou estáveis por mais que o desejem duma forma mais inconsciente que consciente. O sofrimento dos outros deixa-o indiferente.

xpsicopata.jpg (50495 bytes)

Óleo de Marcela Slade, 2000

 

O comportamento anti-social manifesta-se muitas vezes muito antes da adolescência, acentuando-se notoriamente nesta fase da Vida. Os jovens psicopatas têm geralmente uma história de mau funcionamento familiar, escolar estendendo-se para o social com tendência para a impulsividade agressiva, conflitos com o mundo que o rodeia, conflitos que afinal habitam no seu interior, e os transferem para os outros, mau comportamento, e insuportável falta de respeito para com os familiares, professores, e todos os seres humanos que rejeitam ou que os contrariam. Mais tarde vivem uma instabilidade profissional que nem os amedronta; têm uma tendência nítida para actos com características de crueldade (por exemplo maltratar ou matar animais) e prática de delitos graves.

Todos os criminosos são tremenda e assustadoramente perturbados mentalmente.

Serão as melhores receitas para a sua melhoria mental encurralá-los em estabelecimentos prisionais em que os mandatários na sua maioria nem conhecimentos adequados às situações têm nem por vezes condições de sentimentos humanos possuem? Serão as melhores receitas encurralá-los como bichos sem possibilidades de tratamento, de compreensão para a sua involuntária afecção mental? Ou não seria mais humano e salutar existirem estabelecimentos recuperativos com técnicos adequados para ajudar esses desfavorecidos pela Natureza, que tanto mal causam, sim, é uma realidade, mas que nem família adequada tiveram para se tornarem melhores? São afinal os sistemas políticos e os grandes senhores?!!?, os guerreiros, por vezes bem perigosos, que sem armas vivem a gladiarem-se pelo poder, pelo ter, deixando cada vez mais deteriorarem-se situações nesta sociedade já tão podre e em decadência!

Gia Carneiro Chaves

 

 

mail.gif (4196 bytes)Envie a sua mensagem

Página Principal ] Página Acima ] Personalidade ] Esquizóide ] Paranóia ] Personalidade Histriónica ] Distúrbios do 3º grupo ] Distúrbios Dissociativos ] [ Distúrbio Anti-Social ]

Hospedado por:

potugal.gif (1453 bytes)