sol.JPG (17680 bytes)Saudade
Página Anterior Página Principal Página Acima

 

 

 

Caros visitantes: estou a tentar preparar uma página sobre “A idade avançada”, só que nem sempre é possível realizar os meus desejos. Para verem que não vos esqueço mando-vos uma das minhas poesias feita já a alguns anos, mas que eu gosto muito.

 

 

SAUDADE

 

Querido Amigo sabes o que é a Saudade?

Já a sentiste como acerbo grilhão

Que te prende a um passado que não esquece?!

Querido Amigo, não queiras sentir Saudade

De quando em criança ainda de calção

 

 

Brincavas feliz!

Não queiras que ela te recorde

Como eras então!...

Que confiança, que doce ingenuidade

Acompanhavam as tuas brincadeiras!

Oh! Amigo, a Saudade tortura sem piedade,

Sinto-a sempre perto

 

Mesmo que a não queira.

Ela recorda-me o que fui e já não sou

O que a minha alma desejou

Encontrar no caos da Vida incerta.

Oh! Saudade procura outra companhia…

Não achas que já torturaste demasiado

Esta vida morta sem alegria?

 

 

 

 

Tenho Saudades de um Amor

Que encontrei… mas perdi…

Saudades de mim no tempo que passa…

Saudades dos carinhos que também encontrei,

Saudades da revolta que tive e venci,

Das incertezas que vivi

Das esperanças que esperei

E nunca chegaram…

 

 

Com muito carinho

 

 

Gia Carneiro Chaves

 

mail.gif (4196 bytes)Envie a sua mensagem

Página Principal ] Página Acima ] A Vida no Real Sentido de Viver ] Entardecer ] Uma carta ] Feras ou Flores? ] Confio em ti ... ] Voar na rota do Sol ] Nova Rota ] Reflexões ] Uma Vida que encontrou o seu real caminho ] [ Saudade ]

Hospedado por:

potugal.gif (1453 bytes)